Encontre-nos na E-commerce Berlin Expo, em 22 de fevereiro de 2024.

Por favor, deixe os seus contactos, enviar-lhe-emos o nosso whitepaper por e-mail
Autorizo o tratamento dos meus dados pessoais para o envio de materiais de marketing personalizados em conformidade com a Política de privacidade. Ao confirmar a submissão, o utilizador aceita receber materiais de marketing
Obrigado!

O formulário foi enviado com sucesso.
Encontrará mais informações na sua caixa de correio.

O Grupo Innowise é uma empresa internacional de desenvolvimento de software de ciclo completo fundada em 2007. Somos uma equipa de mais de 1600+ profissionais de TI que desenvolvem software para outros profissionais em todo o mundo.
Sobre nós
O Grupo Innowise é uma empresa internacional de desenvolvimento de software de ciclo completo fundada em 2007. Somos uma equipa de mais de 1400 profissionais de TI que desenvolvem software para outros profissionais em todo o mundo.

Desenvolvimento de software: o coração da indústria 4.0

A Indústria 4.0 está a revolucionar a forma como as empresas criam, desenvolvem e implementam os seus produtos. As empresas estão agora a incorporar tecnologias de ponta como indústria 4.0 IIoTA indústria de produção está a introduzir nas suas fábricas e operações a computação em nuvem, a análise, a inteligência artificial e a aprendizagem automática. Trata-se de um enorme passo em frente, tornando o fabrico mais rápido, mais eficiente e mais inteligente do que nunca.

As fábricas inteligentes estão a revolucionar a indústria transformadora, introduzindo novos níveis de eficiência e capacidade de resposta. O software incorporado, os sensores avançados e a robótica recolhem dados para permitir uma melhor tomada de decisões e integrar as operações de produção com os sistemas empresariais para desbloquear informações anteriormente isoladas.

O que é a indústria 4.0?

A Indústria 4.0 é uma forma de fabrico avançadoA empresa está a dar início à transformação digital, que facilita a tomada de decisões em tempo real e permite obter maior eficiência, flexibilidade e agilidade. 

A Indústria 4.0, também conhecida como Quarta Revolução IndustrialO termo "tecnologia" refere-se à integração de tecnologias avançadas nos processos industriais e de fabrico tradicionais. Esta integração inclui a automatização e a digitalização, conduzindo a um ambiente de produção mais conectado, eficiente e inteligente. Automação e indústria 4.0 referem-se à utilização de tecnologias como a inteligência artificial, a robótica e a Internet das coisas para automatizar tarefas de rotina, libertando os trabalhadores para se concentrarem em tarefas de nível superior. Transformação digital e indústria 4.0 englobam a mudança mais ampla para uma abordagem mais orientada para os dados e com prioridade ao digital em todos os aspectos da indústria, desde a conceção e engenharia à produção e logística. Ao aproveitar o poder destas tecnologias, a Indústria 4.0 tem como objetivo revolucionar a forma como produzimos bens e serviços, criando um futuro mais sustentável e eficiente tanto para as empresas como para os consumidores.

O que é a indústria 4.0?

Indústria 4.0 na indústria transformadora: tecnologias-chave

Grandes volumes de dados e análise de IA: A indústria 4.0 implica a recolha de grandes quantidades de dados de diversas fontes, tais como Dispositivos IoTOs dados são analisados em tempo real através de inteligência artificial e aprendizagem automática, conduzindo a uma melhor tomada de decisões e automatização em todas as facetas da gestão da cadeia de fornecimento, incluindo aprovisionamento, I&D e engenharia, equipamento de fábrica, meteorologia e aplicações de tráfego, bem como sistemas ERP e CRM. Estes dados são analisados em tempo real através da inteligência artificial e da aprendizagem automática, conduzindo a uma melhor tomada de decisões e à automatização de todas as facetas da gestão da cadeia de abastecimento, incluindo aquisições, I&D e engenharia, gestão de activos empresariais (EAM), gestão logística, fabrico e planeamento da cadeia de abastecimento.

Integração horizontal e vertical: A Indústria 4.0 assenta na base da integração horizontal e vertical. A integração horizontal liga os processos a uma escala mais ampla, incluindo várias instalações e toda a cadeia de fornecimento. A integração vertical, por outro lado, unifica todos os níveis da organização, permitindo que os dados fluam sem problemas do piso superior para o piso de produção e vice-versa. Isto resulta num sistema fortemente integrado em que a produção está estreitamente alinhada com outros processos empresariais, tais como I&D, vendas e marketing, garantia de qualidade e outros departamentos, quebrando as barreiras dos silos de dados e de conhecimento.

Computação em nuvem: A computação em nuvem é um elemento crucial da Indústria 4.0 e da transformação digital, permitindo uma infinidade de avanços. Atualmente, a tecnologia de nuvem vai muito além das suas vantagens tradicionais, como a velocidade, a escalabilidade, a rentabilidade e o armazenamento. É a pedra angular das tecnologias de ponta, incluindo a IA e a Internet das coisas, e permite que as empresas impulsionem a inovação. A nuvem serve de casa para os dados que alimentam as tecnologias da Indústria 4.0, e os sistemas ciber-físicos no coração da Indústria 4.0 utilizam a nuvem para comunicação e coordenação.

Realidade aumentada (AR): A integração da realidade aumentada, uma tecnologia que combina conteúdo digital com o ambiente físico, é um aspeto central da Indústria 4.0. A RA permite que os funcionários acedam a dados IoT em tempo real, peças digitalizadas, conteúdos de formação, instruções de reparação ou montagem e muito mais através de óculos inteligentes ou dispositivos móveis, bastando olhar para um objeto físico, como um equipamento ou um produto. Apesar de estar na sua fase inicial, a RA tem implicações significativas na manutenção, assistência e garantia de qualidade, bem como na formação e segurança dos técnicos.

Internet industrial das coisas (IIoT): A indústria internet das coisas na indústria 4.0 é tão importante para a indústria 4.0 que os dois termos são frequentemente utilizados de forma indistinta. A maioria dos objectos físicos na fábricas ligadasOs dispositivos, equipamentos, máquinas, robôs e produtos estão equipados com sensores e etiquetas RFID que fornecem dados em tempo real sobre o seu estado, desempenho e localização. Esta tecnologia permite empresas da indústria 4.0 para otimizar as suas cadeias de fornecimento, conceber e modificar rapidamente os produtos, evitar tempos de inatividade dos equipamentos, antecipar as tendências dos consumidores, monitorizar os produtos e o inventário, e muito mais.

Fabrico aditivo/impressão 3D: O fabrico aditivo, também conhecido como impressão 3D, é uma tecnologia crucial que impulsiona a Indústria 4.0. Inicialmente utilizada como uma ferramenta para prototipagem rápida, a impressão 3D expandiu agora a sua gama de aplicações para incluir a personalização em massa e o fabrico descentralizado. Com esta tecnologia, as peças e os produtos podem ser armazenados como ficheiros de design em inventários virtuais e produzidos a pedido no local de utilização, reduzindo assim as distâncias e os custos de transporte.

Robôs autónomos: A indústria 4.0 está a dar início a uma nova era de robôs autónomos. Estes robôs foram concebidos para realizar tarefas com um envolvimento humano limitado e estão disponíveis numa variedade de tamanhos e funções, desde drones de digitalização de inventário a robôs móveis autónomos para operações de recolha e colocação. Equipados com software avançado, IA, sensores e visão artificial, estes robôs são capazes de realizar tarefas complexas e delicadas e podem processar, analisar e responder a informações recebidas do seu ambiente.

Simulação/gémeos digitais: Um gémeo digital refere-se a uma representação virtual de uma máquina física, produto, processo ou sistema que se baseia em dados recolhidos a partir de sensores IoT. Como aspeto fundamental da Indústria 4.0, permite que as empresas obtenham mais informações, avaliem e optimizem a eficiência e a manutenção de sistemas e produtos industriais. Por exemplo, um operador de activos pode utilizar um gémeo digital para identificar um componente problemático, antecipar potenciais problemas e aumentar a disponibilidade.

Cibersegurança: Na era da Indústria 4.0, em que a conetividade e a utilização de grandes volumes de dados estão a aumentar, são cruciais fortes medidas de cibersegurança. Ao adotar uma abordagem Zero Trust e utilizar tecnologias inovadoras, como a aprendizagem automática e a cadeia de blocos, as organizações podem simplificar a deteção, a prevenção e a resposta a ameaças à segurança, reduzindo assim o risco de violações de dados e garantindo operações contínuas nas suas redes.

Computação periférica: A necessidade de resposta imediata nas operações de produção exige que alguma análise de dados seja efectuada na fonte, conhecida como "edge". Isto reduz o atraso entre o momento em que os dados são gerados e o momento em que é necessária uma resposta. Por exemplo, a identificação de um problema de segurança ou qualidade pode exigir uma ação rápida com o equipamento, e o envio dos dados para a nuvem da empresa e de volta para o chão de fábrica pode demorar demasiado tempo e depender da fiabilidade da rede. A computação periférica também garante que os dados permanecem perto da sua origem, reduzindo o risco de violações de segurança.

Casos de utilização da Indústria 4.0

Indústria 4.0: casos de utilização

Ao pensar na forma como o fabrico inteligente pode ser aplicado à sua empresa ou a uma empresa semelhante à sua, pode começar a ver os potenciais benefícios e oportunidades que soluções para a indústria 4.0 pode trazer. Desde o aumento da eficiência até à melhoria das experiências dos clientes, as possibilidades são infinitas.

Gestão e otimização da cadeia de abastecimento

A Indústria 4.0 proporciona às empresas uma melhor compreensão, controlo e acesso aos dados ao longo da sua cadeia de abastecimento. Ao utilizar tecnologias de gestão da cadeia de abastecimento, as empresas podem colocar os seus produtos e serviços no mercado de forma mais rápida, económica e com melhor qualidade, ganhando assim uma vantagem competitiva sobre os concorrentes menos eficientes.

Manutenção preditiva/análise

As tecnologias da Indústria 4.0 dão aos fabricantes a possibilidade de antecipar potenciais problemas antes de estes ocorrerem. Sem a implementação de sistemas IoT nas suas fábricas, as tarefas de manutenção são realizadas com base em horários ou intervalos de tempo, tornando-as num processo manual. No entanto, com os sistemas IoT implementados, a manutenção torna-se mais automatizada e eficiente, uma vez que os sistemas podem detetar problemas ou a necessidade de reparações e permitir que os fabricantes resolvam potenciais problemas antes que estes se agravem. A análise preditiva permite às empresas não só analisar eventos e causas passados, mas também prever resultados futuros e tomar medidas proactivas para os evitar. Esta mudança da manutenção preventiva para a manutenção preditiva pode ser conseguida através da utilização da análise preditiva.

Acompanhamento e otimização de activos

As tecnologias da Indústria 4.0 melhoram a eficiência dos activos ao longo da cadeia de fornecimento para os fabricantes, proporcionando-lhes uma compreensão clara do inventário, da qualidade e das oportunidades de otimização na logística. Ao implementar sistemas IoT nas suas fábricas, os funcionários podem aceder a informações em tempo real sobre os seus activos a nível global. A gestão de tarefas padrão de activos, incluindo transferências, alienações, reclassificações e ajustes, pode ser simplificada e gerida centralmente em tempo real.

Análise de dados para uma tomada de decisão optimizada

Os sensores incorporados e a maquinaria interligada estão a gerar uma enorme quantidade de dados para as empresas de produção. A análise desta informação pode ajudá-las a reconhecer padrões do passado, a tomar melhores decisões e a manterem-se à frente da concorrência. As empresas também podem obter mais valor das suas operações examinando dados de outras partes da organização, como RH, vendas ou controlo de inventário. Estes dados podem então ser utilizados para criar decisões de produção baseadas na disponibilidade de pessoal e nas margens de lucro. Ter uma réplica digital exacta de todos os seus processos é conhecido como um "gémeo digital". Dá-lhe o poder de prever possíveis resultados e tomar decisões ainda mais informadas.

Integração TI-OT

A fábrica inteligente é construída numa rede que permite a sua interligação. Recolhe dados de sensores, dispositivos e máquinas em tempo real e dá-lhes uma utilização imediata para os activos da fábrica, partilhando-os com diferentes partes do software empresarial, como o ERP ou outros sistemas de gestão empresarial. Esta interconectividade garante que toda a informação está ligada e actualizada.

Fabrico por encomenda

As fábricas inteligentes estão a revolucionar a forma como os bens personalizados podem ser produzidos a um preço económico. Atualmente, empresas de muitos sectores aspiram a fabricar "lotes de um" produto para clientes individuais. Com a ajuda de software de simulação, novos materiais e tecnologia de impressão 3D, os fabricantes podem facilmente fabricar pequenos lotes de artigos especializados que satisfazem as necessidades de cada cliente. A primeira revolução industrial foi sobre produção em massa, mas a Indústria 4.0 é sobre personalização.

Cadeia de fornecimento

As operações industriais dependem de uma cadeia de abastecimento transparente e eficiente que se liga aos processos de produção como parte de um sistema avançado da Indústria 4.0. Isto altera a forma como os fabricantes obtêm as suas matérias-primas e entregam os seus produtos. Ao fornecer algumas informações sobre a produção aos fornecedores, as empresas podem planear melhor as entregas - por exemplo, se houver uma perturbação numa linha de montagem, a rota de entrega pode ser alterada ou adiada para poupar tempo e dinheiro. Além disso, a análise dos dados meteorológicos, dos parceiros de transporte e dos retalhistas permite o envio preditivo, levando os produtos acabados aos clientes no momento ideal. A tecnologia Blockchain está a tornar-se cada vez mais importante para garantir a transparência nas cadeias de abastecimento.

Concluir

Implementação da Indústria 4.0 tem o potencial de revolucionar a forma como vivemos e trabalhamos. Ao tirar partido destas tecnologias avançadas, as empresas podem melhorar a eficiência, reduzir o desperdício e melhorar as experiências dos clientes. Das fábricas aos armazéns, da logística à banca, as possibilidades são infinitas e os benefícios potenciais são significativos.

É importante notar que a Indústria 4.0 ainda está na sua fase inicial de desenvolvimento e que haverá desafios pelo caminho. No entanto, ao adotar estas tecnologias e trabalhar para um futuro mais conectado e eficiente, podemos criar um mundo mais produtivo, sustentável e seguro.

À medida que o mundo continua a evoluir e a tecnologia continua a avançar, a Indústria 4.0 tem o potencial de trazer mudanças positivas a uma escala global. Chegou o momento de as empresas adoptarem estas tecnologias e aproveitarem todo o seu potencial. Ao fazê-lo, podemos criar um futuro que seja mais eficiente, sustentável e equitativo para todos.

Obrigado pela avaliação!
Obrigado pelo seu comentário!

Índice

Avaliar este artigo:

4/5

4.8/5 (45 comentários)

Conteúdo relacionado

Blogue
Tecnologias digitais de fabrico
Blogue
Principais tendências de desenvolvimento de software
Blogue
Desenvolvimento de software para empresas em fase de arranque
Blogue
Fase de descoberta no desenvolvimento de software

Trouxe-nos um desafio?

    Inclua os detalhes do projeto, a duração, o conjunto de tecnologias, os profissionais de TI necessários e outras informações relevantes
    Gravar uma mensagem de voz sobre o seu
    projeto para nos ajudar a compreendê-lo melhor
    Anexar documentos adicionais, se necessário
    Enviar ficheiro

    Pode anexar até 1 ficheiro de 2MB no total. Ficheiros válidos: pdf, jpg, jpeg, png

    Informamos que, ao clicar no botão Enviar, o Innowise's processará os seus dados pessoais de acordo com a nossa Política de Privacidade com o objectivo de lhe fornecer informações adequadas.

    O que é que acontece a seguir?

    1

    Após termos recebido e processado o seu pedido, entraremos em contacto consigo para detalhar as necessidades do seu projecto e assinar um NDA para garantir a confidencialidade das informações.

    2

    Após a análise dos requisitos, os nossos analistas e programadores elaboram uma proposta de projecto com o âmbito dos trabalhos, tamanho da equipa, tempo e custos e custos.

    3

    Marcamos uma reunião consigo para discutir a oferta e chegar a um acordo.

    4

    Assinamos um contrato e começamos a trabalhar no seu projecto o mais rapidamente possível.

    Obrigado!

    A sua mensagem foi enviada.
    Processaremos o seu pedido e contactá-lo-emos o mais rapidamente possível.

    Este sítio Web utiliza cookies

    Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, apresentar anúncios ou conteúdos personalizados e analisar o tráfego do site. Ao clicar em "Aceitar tudo", está a consentir a nossa utilização de cookies. Verificar o nosso Política de privacidade.

    Obrigado!

    A sua mensagem foi enviada.
    Processaremos o seu pedido e contactá-lo-emos o mais rapidamente possível.

    seta